Apresentação

INTRODUÇÃO

O PROFNIT é um mestrado em Rede Nacional, sendo resultado de um esforço do Fórum Nacional de Gestores de Inovação e Transferência de Tecnologia – FORTEC articulado com instituições de ensino superior.

O PROFNIT é também uma resposta às dificuldades da interação universidade-empresa já que se propõe formar mestres que atuem na interface entre as ações indisciplinares e os ambientes de inovação, tendo linguajar, conhecimentos e vivência comuns aos dois. Além disso, este mestrado contribui para a criação de massa crítica no Brasil para potenciais futuros programas institucionais de pós-graduação em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia – PIETT e inovação tecnológica.

O PROFNIT visa atender a demanda nacional de atuação de profissionais nos Núcleos de Inovação Tecnológica – NITs com formação sólida e integradora nas suas competências. De maneira específica visa atender graduados que atuam nas competências obrigatórias por Lei dos Núcleos de Inovação tecnológica (NITs) e servidores de Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs) além de agentes de inovação em ambiente produtivo.

A Universidade Federal de Santa Catarina é um entre os 12 Pontos Focais nos quais o mestrado é oferecido, sendo a Universidade Federal de Alagoas – UFAL o polo coordenador. As demais instituições que participam como Ponto Focal são: IFBA, IFCE, UEM, UESC, UFBA, UFPE, UFRJ, UNB, UFRR e UNICENTRO.

Na UFSC, o Ponto Focal está ligado a Pró-reitoria de Pesquisa-PROPESQ .

Mapa do PROFNIT no Brasil

 

CARACTERIZAÇÃO DO CURSO

Nível: Mestrado Profissional

Nome: PROFNIT – Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação em Rede Nacional para Núcleos de Inovação Tecnológica

Descrição: Formação de recursos humanos para Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs), com competências em propriedade intelectual (PI), transferência de tecnologia (TT) e inovação tecnológica. Entretanto, atendendo a diligencias da própria CAPES este mestrado profissional também será estendido a agentes de inovação de outros órgãos públicos e privados.

 

OBJETIVO DO CURSO/PERFIL DO PROFISSIONAL A SER FORMADO

Objetivo do curso: Formação de recursos humanos em nível de mestrado profissional para atuar nas competências obrigatórias por Lei dos NITs e necessárias para e outras organizações que atuam nesta área.

Perfil do ingressante: Profissionais graduados que atuam em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia e Inovação Tecnológica dentro do âmbito das competências dos NITs além de servidores de Instituições de Ensino e Tecnologia e outras organizações que atuam nesta área.

Atuação do egresso: Terá as habilidades mínimas para exercer as competências dos NITs e outras organizações que atuam nesta área, tais como:

– conhecer legislação e políticas públicas referentes à PIETT e à inovação tecnológica;

– conhecer e propor políticas de estímulo à proteção das criações;

– avaliar a conveniência da proteção das criações e sua divulgação;

– processar pedidos e fazer a manutenção dos títulos de propriedade intelectual;

– atuar no licenciamento, inovação e outras formas de transferência de tecnologia;

– promover a cultura empreendedorismo nos ambientes públicos e privados

Terá ainda as habilidades mínimas para exercer as competências para atuar nos NITs, conforme alterações da Lei da Inovação propostas no PL2177/2011 (em votação no Congresso Nacional):

– desenvolver estudos de prospecção tecnológica e de inteligência competitiva no campo da propriedade intelectual, de forma a orientar as ações de inovação da Instituição de Ciências e Tecnologia (ICT);

– desenvolver estudos e estratégias para a transferência das inovações geradas pela ICT;

– promover e acompanhar o relacionamento da ICT com empresas;

– negociar e gerir os acordos de transferência de tecnologias oriundas da ICT.

Na sua atuação dentro das competências dos NITs e outras organizações que atuam nesta área, o mestrando deverá ter os conhecimentos básicos para o diálogo academia-empresa, estando habilitado a interagir propositivamente com os setores governamental, empresarial e acadêmico.